Empoderamentos

Temos entendido, anualmente, dedicar um tema ao Festival. Esse tema serve para guiar as atividades paralelas, e para munir o FITEI de uma linguagem comum que permita um diálogo mais horizontal com os artistas e com o público. O FITEI 2018 não é exceção e, do ponto de vista temático, dedicar‑se‑á a debater e reflexionar sobre os empoderamentos. Este tema não pretende condicionar os artistas, mas sim ajudar a fixar discurso sobre as suas obras, com toda a abertura que elas necessitam para serem percecionadas.
Com empoderamentos referimo‑nos à necessidade de dar poder a quem normalmente não o tem: à mulher, às minorias étnicas, ao pobre, ao habitante do sul da Europa, ao habitante do sul do mundo, ao indígena, e a muitos outros exemplos, que nos obrigam a refletir e a reequacionar a ideia de centro e de periferia, assim como a própria ideia da verticalidade hierárquica.
Numa programação que pretendeu não paternalizar nem ocupar um lugar de fala que pertence a um outro, tentámos jogar com as questões da alteridade e manter a diversidade estilística e geracional que tem marcado o Festival. 
Caranguejo Overdrive de Aquela Companhia, do Brasil;  Mendoza de Los Colochos, do México; A House In Asia dos catalães Agrupación Señor Serrano, Correo da chilena Paula Aros Gho, Altíssimo do Pernanbucano Pedro Vilela, a residência Yo Escribo. Vos Dibujás, no regresso de Federico León, da Argentina, constituem fortes atrativos internacionais para o certame deste ano.
A nova obra de Victor Hugo Pontes, Margem, com guião a partir de Capitães da Areia de Jorge Amado, adaptado por Joana Craveiro, e com um elenco de adolescentes. A nova obra de Marco Martins, Provisional Figures: Great Yarmouth, que pensa o surto migratório português da última década para esta pequena cidade inglesa. Quatro encenadoras/criadoras estreiam as suas novas obras no festival, Sara Barros Leitão, Ana Luena, Raquel S. e Diana de Sousa. André Amálio pensa o pós‑colonialismo na sua Trilogia, Nuno M Cardoso a animalidade na estreia de Lulu, Luis Araújo a sustentabilidade em Pulmões e Miguel Bonneville a transsexualidade e o feminismo revisitando a sua obra de 2008 MB#6, e estreando uma versão para 2018, à luz da evolução crítica dos temas. Ainda poderemos ver no Porto duas companhias da descentralização, Teatro da Didascália e o Teatro do Noroeste, além das mais recentes e muita esperadas obras de Paulo Ribeiro e Tonán Quito. O festival propõe também várias atividades paralelas e uma secção formativa intitulada Isto não é uma escola FITEI. Continuamos também a nossa parceria com a Matéria Prima, com as sugestões musicais do Paulo Vinhas.
As atividades decorrerão no Porto, Matosinhos, Viana do Castelo e Felgueiras, e a partir deste ano congratulamo‑nos com Gaia se ter juntado, também, a esta festa do teatro, parceria que temos a certeza que se continuará a desenvolver e a fortalecer. Queremos também continuar a entender o FITEI como um espaço de resistência, de apoio da diversidade, da transgeracionalidade, um espaço de empoderamento do próprio tecido artístico português e ibero‑americano. Ainda falta fazer muito, mas este parece‑nos o caminho certo.
Queremos também continuar a entender o FITEI como um espaço de resistência, de apoio da diversidade, da transgeracionalidade, um espaço de empoderamento do próprio tecido artístico português e ibero‑americano. Ainda falta fazer muito, mas este parece‑nos o caminho certo.

Gonçalo Amorim
Diretor Artístico, FITEI

Direção Artística Gonçalo Amorim
Direção de Produção Teresa Leal
Assistência de Direção e Produção Bruno Moreira
Produção Inês Marques, Joana Mesquita, Tadeu Faustino
Direção Técnica Francisco Tavares Teles
Assistência Técnica Cárin Geada
Assistência à Cenografia Catarina Barros
Comunicação e Imprensa Bruno Moreira, Isaura Magalhães, Sandra Mesquita
Tradução Olho de Boi, Pedro Rodrigues
Design Gráfico Inês Nepomuceno, Mariana Marques
Spot Vídeo Eduardo Breda



Orgãos Sociais
Assembleia Geral
Presidente Júlio Roldão
Vice-Presidente João Maia
Secretário Júlio Gago



Direção
Presidente Jorge Ribeiro
Vice-Presidente Jorge Pinto
Tesoureiro Henrique Andrade
1º Secretário Paulo Jorge Teixeira
2º Secretário Pedro Sottomayor
Vogal Pedro Estorninho
Vogal Gonçalo Amorim


Conselho Fiscal
Presidente Leandro Andrade
Vice-Presidente Pedro Caminha
Secretário Miguel Lemos Rodrigues

  • O FITEI e as escolas do Porto
  • Concerto | Concerto pela Sria ESAP Porto

    Local - ESAP - Porto

  • Teatro | O Dia D - Marta Freitas / Balleteatro

    Local - CAMPO ALEGRE - SALA ESTDIO - PORTO

  • Teatro | Exerccio ESAP - Lusa Pinto / ESAP

    Local - PALCIO DE BELMONTE, PORTO

  • FITEI Aberto
  • Cerimnia | Encontro de Abertura

    Local - FITEI

  • Conferncia / Debate | Tamanho M: As Mulheres no Teatro a propsito dos 23 anos da Escola de Mulheres

    Local - Espao Mira Artes Performativas

  • Documentário | Sextas em Festa: Portugal Tropical + Instituto Fonogrfico Tropical

    Local - FITEI

  • Sesso de poesia | Segundas de Poesia no Pinguim

    Local - Caf Pinguim - Porto

  • Colquio | No Desistas da Fala. No Desistas da Escrita

    Local - FITEI

  • Lanamento de livro | Lanamento TREMA! Revista de Teatro

    Local - FITEI

  • Conferncia / Debate | Debate Festivais no Norte da Pennsula

    Local - FITEI

  • Lanamento de livro | Lanamento Revista ERREGUETE + Debate Teatro Galego Contemporneo

    Local - FITEI

  • Cerimnia | Sextas em Festa: Festa de Encerramento - Rita S DJ SET

    Local - CLUBE Porto Rugby